Corrupção em alta na HBO com O Mago das Mentiras

Você olha o noticiário da TV, lê a revista semanal ou dá uma olhada no site de notícias e o que vê é o triste retrato de um Brasil que muita gente parecia não enxergar. Essa vergonha nacional, revelada pelas investigações contra a corrupção, poderia inspirar um belo filme de suspense e terror, ou uma série sobre como se corrompe os três poderes no Brasil. Ops, isso já é uma ideia da Netflix para o próximo ano.

Mas se você quiser saber como se resolve um caso de corrupção de uma forma definitiva, tem que assistir O Mago das Mentiras, produção original da HBO que já está sendo exibida pelo canal aqui no Brasil e está disponível na HBO Go. Trata-se de uma adaptação do livro escrito pela jornalista Diane Henriques, que investigou profundamente o caso envolvendo o mago das finanças de Wall Street, Bernie Madoff, que manipulou o dinheiro que entrava na sua empresa, roubando seus clientes e investidores numa soma apurada de 65 bilhões de dólares.

O filme é brilhante, não por mostrar como funcionava o esquema de Madoff montou para ganhar bilhões com o dinheiro dos outros, mas mostrando como um esquema criado por uma mente brilhante como a de Madoff chega ao seu limite quando não vê mais saída para o complicado labirinto de tramoias que criou para fazer funcionar seu esquema. O resultado dessa operação, que durou quase 16 anos, foi a devastadora para todos os investidores, muitos deles, perderam totalmente suas economias acreditando em promessas flácidas feitas por Madoff.

O filme, que traz para a direção o fantástico trabalho de Barry Levinson (Bom Dia, Vietnã) mostra como Robert De Niro incorpora os maneirismos do personagem real, fazendo o público mergulhar com ele em suas irresponsabilidades que levaram sua família a um abismo.

Um filme perfeito e que poderia servir de inspiração para muitos brasileiros pensarem um pouco no país e não em suas próprias carências…

Comentários

ResumoBernard Madoff é um ex-consultor financeiro que criou uma empresa em Wall Street de investimentos para fraudes e mais fraudes.
4.9
Critérios
Direção
Elenco
Roteiro
Produção / Fotografia
O que observar:
  • O roteiro não explica como era o esquema da fraude.
  • É a quarta vez que Robert De Niro e Michelle Pfeiffer trabalham juntos (A Familia, Stardust, e Noite de Ano Novo).
  • A participação da jornalista Diane Henriques, que entrevistou o verdadeiro Madoff, é pontual e importante.
  • É legal ver Hank Azaria fazer um papel dramático.
  • O resultado do crime foi tão assustador como qualquer massacre na África.
  • A HBO continua produzindo adaptações da realidade de tirar o fôlego.
Avaliação dos leitores: 0(0 Votos)
Dê sua nota