Confira cinco sagas X-Men para a televisão!

Após oito filmes sobre X-Men no cinema, finalmente vai estrear a primeira série: Legion. Apesar de passar uma década com séries tão absurdas quanto os bíceps, expressões faciais e efeitos sonoros…

sagas x-men para a televisão
BUCHOOM!

… o universo mutante também produziu histórias inteligentes e repletas de potencial para séries nas telinhas. Confira aqui algumas sagas X-Men  para a televisão.

5. X-Factor

saga x-men para a televisão

Esqueça o concurso de talentos para descobrir um novo cantor (a). A premissa original de X-Factor era um grupo de mutantes operando pelo governo. A série começou com muito potencial graças ao roteiro de Peter David, que infelizmente abandonou a saga no início. Apesar de ter aquele ranço dos anos 90, uma espécie de Esquadrão Suicida composto de mutantes heroicos e vilões agindo de forma clandestina para um governo que muitas vezes prega seu extermínio, é perfeito para misturar uma boa dose de ação com comentário social.

4. Madrox

sagas x-men para a televisão

Possivelmente uma das sagas dos X-Men mais interessantes. Nos quadrinhos, James Madrox é o Homem Múltiplo, um mutante capaz de criar cópias de si mesmo. Em sua série solo, Madrox envia cópias suas pelo mundo para aprender novas habilidades para depois absorvê-los. Assim, abre uma agência de investigação voltada para assuntos mutantes. O criador da série, novamente Peter David, criou um “porém” para o personagem: seu poder evoluiu e cada nova cópia exibe uma personalidade diferente, essencialmente uma versão exagerada de algum aspecto da psique do personagem principal.

As tramas são piração pura, onde um dos casos investigados é revelado como uma das cópias de Madrox se tornando um serial killer. Coloque alguns personagens de apoio bastante marcantes, como Layla Miller e Fortão, e você tem uma série com mistério, intriga e uma dose bem-vinda de bizarrice a la True Detective.

3. X-Statix

sagas x-men para a televisão

Uma série que casaria perfeita com a linguagem frenética de Ryan Murphy. X-Statix é uma das sagas X-Men mais experimentais já feitas. Esse grupo, ao contrário dos heroicos e perseguidos mutantes, são um supergrupo cujas missões são sempre acompanhadas de câmeras para um reality show. Cada integrante é uma celebridade e a saga parodia com bastante cinismo o mundo de entretenimento e até mesmo clichês de super heróis.

2. Novos X-Men, de Grant Morrison

sagas x-men para televisão

Após o estrondoso sucesso dos X-Men nos anos 90, os títulos começaram a perder um pouco de espaço nas vendas. Entra Grant Morrison para criar uma das sagas X-Men mais provocantes e inteligentes de todos os tempos. Naturalmente, nem tudo de sua extensa contribuição conseguiria ser adaptado para a televisão, mas o que destacou sua participação nos X-Men foi como ele criou o mundo dos mutantes.

Morrison enfatizou o aspecto de minoria social dos mutantes. Os alunos da Escola Xavier criaram arte, música e até mesmo interpretações políticas sobre a dualidade ideológica entre Magneto e o Professor X. A foto acima mostra Quentin Quire, o Kid Omega, que forma uma espécie de gangue pró-mutante com elementos fascistas.

Na televisão, esses elementos poderiam criar uma saga riquíssima, repleta de comentário social sobre os mutantes como vítimas de preconceito e toda a cultura que poderia surgir ao seu redor. Um elemento nunca explorado nas adaptações cinematográficas.

1. Distrito X

sagas x-men para televisão

Nas HQs da Marvel, o Distrito X é um região de Nova Iorque inteiramente habitada por mutantes. É um bairro de periferia com pouco acesso aos serviços públicos da cidade. A série com o mesmo nome conta a história de Bishop e seu parceiro Ismael Ortega investigando crimes em uma região onde a polícia não se importa.

Apesar da curta duração, esta é uma das sagas X-Men para televisão que mais funcionaria. A história de dois policiais que não concordam em tudo usando apenas sua experiência e habilidade para sobreviver e ajudar um bairro perigoso onde todo criminoso tem super poderes é fascinante. E assim como a saga de Grant Morrison, é uma forma de expandir o mundo dos mutantes explorando como é a vida daqueles que nascem como gene X, mas que só buscam viver em paz.

E você? Tem alguma saga preferida dos X-Men que acha que deveria ir para a televisão? Deixe nos comentários!

Até a próxima!

 

Comentários