Sadismo, crueldade, sangue e inteligência: um mix de terror “inteligente” que peca ao ser óbvio demais

Jogos Mortais… O que dizer de Jogos Mortais… Uma franquia rentável que eleva a cada novo número o sadismo, os jogos cruéis e a dor. Enquanto seu primeiro filme vai para o viés psicológico, um segundo bem montado e inteligente, foi decaindo para uma franquia onde podemos ver pessoas sofrerem e morrerem a torto e a direito. Este mais novo Jogos Mortais: Jigsaw não foge muito à regra.

John Kramer está morto?

10 anos após a morte de John Kramer, aka Jigsaw, novos corpos aparecem com o familiar padrão de quebra cabeça em alguma parte do corpo.

Jogos Mortais: Jigsaw

O detetive Halloran (Callum Keith Rennie) é escalado para investigar um possível imitador de Kramer – ou um retorno do mundo dos mortos. Junto ao detetive Keith (Clé Bennett), legista Logan (Matt Passmore) e sua assistente boazuda Eleanor (Hannah Emily Anderson), um corpo com cabeça meio decepada, um charadas e fitas com a voz de Jigsaw, prepare-se para pirar ao tentar responder: morreu ou não morreu?

Menos mortes, mais inteligência, menos surpresas

Não sei se isso é resultado de ser calejada em terror ou sei lá o que, mas alguns elementos foram difíceis de engolir. A previsibilidade pode ser parte do roteiro e nos elogia chamando-nos de inteligentes. Pois se jogássemos o jogo de Kramer… As chances de sair de lá seriam grandes!

Quem gosta, gosta

De forma despretensiosa, é capaz de os fãs mesmo gostarem. Se só quer ver o sangue jorrar, também pode gostar. Apesar de ter uns momentos de iluminação, cai com uma mistura de Westworld, uma pitada de Truque de Mestre, uma manipulação básica de “Elvis não está morto”, e se você seguir as migalhas de pão distribuídas por Jigsaw descobrirá tudo o que rola em tela.

Porém, novamente: Kramer enfatiza que o jogo é simples. Tirando algumas dúvidas sobre a história em si (alguém não assistiu a franquia inteira), umas coincidências meio… ok, o jogo realmente é simples.

Ah! Praticamente uma participação do Demogorgon no final!!

Jogos Mortais: Jigsaw já está nos cinemas! Bora curtir um sangue jorrando?? Ah, não esqueça de confessar seus pecados, senão tio Jigsaw te pega!

Comentários

ResumoSerá que Jigsaw voltou mesmo?
3.0
Critérios
Direção
Roteiro
Elenco
Edição
Observações
  • Positivos: a dinâmica e bacana e diverte sem pretensão de ser o melhor filme de terror/sadismo de todos os tempos.
  • Efeitos bacaninhas.
  • Desenvolve bem os personagens até.
Negativos
  • É super previsível e dá para acertar o final já na metade do filme.
  • Já disse que é previsível? Não? Pois então. Isso tira um pouco do tcham e do elemento surpresa, que parece pretender ser genuinamente uma surpresa.
  • Sem grandes ohhhh, ahhh, ohh.
Avaliação dos leitores: 0(0 Votos)
Dê sua nota