American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace
é a série que você precisa assistir

Ryan Murphy está de volta! Finalmente estreou a nova temporada da saga ‘American Crime Story‘ e, desta vez, conheceremos mais sobre o polêmico assassinato do estilista Gianni Versace (Édgar Ramírez) Entre a não exposição de sua sexualidade, sua irmã querendo manter os negócios na família, o assassino ter um envolvimento delicado com o falecido e a imagem, de uma das maiores marcas da alta-costura, a ser zelada, American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace resgata o ocorrido para nos contar uma nova versão da história. 

Quem foi Gianni Versace

Considerado um dos maiores estilistas da alta costura, o italiano Gianni teve sua mãe, costureira e modelo, como sua principal influência. Com apenas cinco anos de carreira, Versace alcançou o sucesso na Europa e América do Norte com suas roupas coloridas, acessórios assimétricos, o bom uso do dourado e diferentes tecidos e formas nas mesmas roupas. Obcecado por teatro, o estilista vestiu o elenco de grandes óperas e lançou as mais conhecidas modelos de passarela da década de 90 como Cindy Crawford, Naomi Campbell, Helena Christensen e Linda Evangelista.

American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace

A série começa no dia de sua morte, em 15 de julho de 1997, quando Andrew Cunanan (Darren Criss) o assassinou na porta de sua casa em Miami. Ao longo do primeiro episódio, flashbacks retratam a obsessão que Andrew tinha por Versace, como foi o primeiro encontro dos dois e firma o começo de uma relação sexual entre o estilista e o jovem. Além disso, Cunanan é apresentado como um mentiroso compulsivo e mostra que sua loucura é capaz de qualquer coisa.

Donatella Versace (Penélope Cruz) entra na trama após o assassinato do irmão em um momento delicado onde eles iriam expandir a marca e os negócios, mas ela opta por manter a Versace como uma empresa familiar. Ao lado dela, Giovanni Cirfiera da vida à Santo Versace, também irmão, e Rick Martin é Antonio D’Amico, companheiro “oficial” de Gianni por décadas.

O enredo estabelece que D’Amico é uma figura “persona no grata”, que Gianni era muito querido por todos os seus funcionários e que Andrew tinha segundas intenções desde o dia em que os dois se conheceram. A policia envolvida no caso também é apresentada, já que boa parte dos segredos de Gianni serão investigados pelos oficiais e pela imprensa sensacionalista.

Tensão

Ryan Murphy dirige o primeiro episódio e sua abertura da série é uma grande homenagem aos clássicos como Poderoso Chefão, o enquadramento e a trilha sonora criam um clima  de tensão e suspense que prende a atenção do espectador. Somado a isso, a fotografia colorida, o figurino e transições entre o “tempo real” e flashbacks estão impecáveis. Resumindo: o primeiro episódio mostra o potencial da série que, certamente, merece a atenção de todos. Murphy sabe como equilibrar o suspense e o drama de forma impecável.

Vale a pena?

Este foi o primeiro episódio e ainda temos oito pela frente, mas só por Penélope Cruz, Édgar Ramírez e Darren Criss já vale muito a pena SIM! A série é exibida pelo canal FX toda quinta-feira às 23h e todos os episódios serão disponibilizados semanalmente no FOX Play.

Küsses,

Comentários

ResumoGianni Versace foi assassinado em 1997, pelas mãos de seu amante. A nova temporada da série criada por Ryan Murphy trará detalhes desta grande perda do mercado da moda de alto luxo.
5.0
Critérios
Direção
Roteiro
Produção/Fotografia
Elenco
Observações:
  • Rick Martin já pode parar de cantar, ele está ótimo atuando.
  • Penélope Cruz está UM DESBUNDE!
  • A tensão do primeiro episódio faz os minutos passarem...Você nem percebe.
  • A fotografia de Ryan Murphy e seus enquadramentos são de tirar o fôlego.
  • Murphy não deixa de lado a violência ao reencenar a morte do estilista.
  • Figurino e trilha sonora são destaques!
Avaliação dos leitores: 0(0 Votos)
Dê sua nota