Convenhamos, casamentos são previsíveis. Entre a carne com molho marrom semi fria do buffet, o slideshow dos noivos, que inexplicavelmente sempre toca Coldplay, e aquela madrinha que vai ler Clarice Lispector e se achar tããããão intelectual por ter feito isso; fica muito difícil sentir muito entusiasmo pelas pessoas ali no altar que trabalharam com a sua namorada uns três empregos atrás.

Mas nos filmes tudo é diferente. Tudo. Nos cinemas, um parque com dinossauros realmente tem seres pré-históricos e não robôs mal feitos no estacionamento do shopping, bilionários órfãos se vestem de mamíferos voadores portadores de pulgas e não apenas fazem terapia e abusam do conhaque, e finalmente, os casamentos são eventos especiais e marcantes na vida das pessoas e nunca, jamais, nunca toca Coldplay. Em homenagem ao lançamento de Cinquenta Tons de Liberdade nos cinemas, decidimos fazer uma das nossas já clássicas batalhas de cultura pop.

Dessa vez, vamos comparar filmes que têm casamentos chiques.

Cinquenta Tons de Liberdade

Os pombinhos: Anastasia “Ana” Steele (Dakota Johnson) & Christian Grey (Jamie Dornan)

O filme: O capítulo final da trilogia adaptada dos best sellers de E.L. James. Agora nos cinemas. Na trama, Christian e “Ana” atam os nós, mas ainda precisam enfrentar alguns desafios antes do feliz para sempre, como um vilão vingativo e um Christian Junior no forno.

Como foi a festança: Imagine se o ricaço do Christian não fez O casamento para a sua amada. Apesar de passar rapidinho, deu para ver que foi um evento de muito bom gosto. O que mais impressionou foi a Lua de Mel do casal que teve direito a vários lugares exóticos. É uma pena que a viagem teve que ser reduzida por causa de problemas no serviço do noivo.

A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1

Os pombinhos: Isabella “Bella” Swan (Kristen Stewart) & Edward Cullen (Robert Pattinson)

O filme: O quarto filme da saga Crepúsculo, pioneiro em inserir o maior número de separadores de frase no título. Depois de enfrentar lobisomens ciumentos, atuações questionáveis e vampiros que brilham no sol, o casal finalmente está pronto para amarrar o nó. A união de ambos resulta em uma bebê cujos lobisomens tentam destruir por ser uma ameaça. Qualquer pessoa que já tentou comer em uma praça de alimentação no fim de semana sabe que eles estão 100% corretos.

Como foi a festança: O casamento foi chiquérrimo. Apesar de inexplicavelmente ele passar 100 anos frequentando o colegial, Edward e os Cullen são abonados. Nada como ter uma poupança rendendo juros desde antes da Primeira Guerra Mundial não?

O que mais chama atenção foi a Lua de Mel onde o vampirão mostrou para a nova Sra. Cullen que eles têm uma ilha particular para passar a lua de mel. De repente aquela viagem para Miami parece bem menos ostentação hein?

O Casamento do Meu Melhor Amigo

Os pombinhos: Kimberly “Kimmy” Wallace (Cameron Diaz) & Michael O’Neal (Dermot Mulroney)

O filme: O filme foi um dos maiores sucessos da carreira de Julia Roberts, que aqui interpreta a protagonista, Julianne. Ela é a melhor amiga do noivo e descobre que está apaixonada por ele… quatro dias antes de seu casamento. Desesperada para mostrar que ele vai terminar com a pessoa errada, une forças com seu amigo gay obrigatório de comédia romântica™ (Rupert Everett) para tentar cancelar o casamento… de seu melhor amigo.

Como foi a festança: A família de Kimmy é riquíssima e o casamento foi aquele show de garbo e requinte, mas os verdadeiros vencedores do evento foram os convidados que puderam assistir a torta de climão causada por Julianne desesperada para separar os noivos. Todo casamento bom tem que ter fofoca quente né gente?

Sex and the City – O Filme

Os pombinhos: Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) & John James “Mr. Big” Preston (Chris Noth)

O filme: A continuação da série de sucesso da HBO que popularizou mulheres bebendo juntas em bares falarem “A gente é muito Sex and the City”. No longa, Carrie e Big finalmente decidem se casar, mas uma cerimônia que começa a ficar grande demais e um comentário infeliz de Miranda assusta o noivo na véspera. Mas calma, dá tudo certo no final.

Como foi a festança: A cerimônia ia ser chiquérrima, o casamento ia ser na Biblioteca Municipal de Nova York e a noiva usou um vestido da Vivienne Westwood. Pena que foi tudo cancelado né? Já pensou ter sido convidado para isso? O casamento era matinal, imagina madrugar para se arrumar e chegar lá e nem conseguir um bem-casado para matar a fome.

Missão Madrinha de Casamento

Os pombinhos: Lillian Donovan (Maya Rudolph) & Douglas “Doug/Dougie” Price (Tim Heidecker)

O filme: Antes de falarmos sobre o filme, vocês repararam que todos os itens na lista têm pelo menos um personagem com um “” no nome? Enfim, esta comédia dirigida por Paul Feig foi um grande trunfo e deu passos significativos para trazer de volta às telas comédias protagonizadas por mulheres. O casamento serve de plano de fundo para explorar a amizade das protagonistas Annie (Kristen Wiig) e Lilian. O filme é divertidíssimo e conta com alguns dos melhores talentos cômicos da atualidade.

Como foi a festança: Chiquérrima. Uma das madrinhas é Helen (Rose Byrne), que apesar de ser arrogante e querer roubar a amizade de Lilian, sabe muito bem organizar uma festa. Os eventos pré-casamento foram tiveram tema parisiense, os convidados ganharam um filhote de Golden Retriever de lembrancinha na despedida de solteira da noiva e a festa de casamento teve um show da banda Wilson Phillips, um predecessor importante para casamentos no Brasil que contrataram o Double You para animar a festa.

E você? Qual casamento chique te marcou na história do cinema? Deixe sua recomendação nos comentários.

Até a próxima!

Comentários