Seu pai foi um sucesso do Country e ela viveu o ‘Melhor dos Dois Mundos’ durante 4 anos, cansou da imagem de boa moça que tinha e resolveu mostrar para o mundo que ela não podia ser domada. Miley Cyrus foi lançada pela Disney em 2006 com a personagem Hannah Montana, a personagem vivia uma vida normal e ao mesmo tempo era uma superstar. No meio da série apareceram fotos seminuas, o que fez chover criticas a sua conduta, uma vez que inúmeras pré-adolescentes seguiam cada passo de sua carreira. Após o fim da série, Miley resolveu despirocar, compôs o álbum Can’t Be Tamed, que basicamente eram músicas falando que sobre a liberdade da pessoa de ser quem ela quiser, além dos clipes totalmente sensuais, mostrando a Nova Miley que viria por ai.

A partir disso, uma sequencia de polêmicas envolvendo a cantora começaram a aparecer na mídia, tais como: fumando sálvia, brigas com paparazzo’s, bolos em formatos fálicos e de maconha, entre muitas outras. Uma das mais recentes foi seu novo corte de cabelo e o suposto término de seu noivado com Liam Hemsworth. Miley Cyrus mudou totalmente sua conduta, e hoje vive mais de polêmicas do que música.

Miley Cyrus_com logo

Rihanna é mais uma que sofreu diversas mutações durante a sua carreira. Em 2005 quando apareceu no cenário musical sua postura era totalmente ‘recatada’ como no clipe “If It’s Lovin’ That You Want”, single do primeiro álbum.  A cantora estourou com S.O.S em 2006, adotando novo visual e danças mais sensuais. E assim ficou até Fevereiro de 2009, quando foi espancada pelo seu namorado Chris Brown, e desde ocorrido a vida pessoal da cantora virou de cabeça para baixo,  com inúmeras polêmicas envolvendo festas, vídeos pornôs e drogas.
Rihanna é quase um camaleão pela quantidade de vezes que muda de estilo, porém um caixinha de surpresas quando trata-se de música, quem estava acostumado aos últimos hits como “We Found Love”, ficou totalmente impressionado com a sua performance em “Stay”. E assim a cada lançamento, descobrimos uma nova Rihanna que amamos ou odiamos.

Rihanna_ com logo

Em 2002 ninguém sofria por garotos… atacavam um skate neles e estava tudo certo, brincadeiras a parte, a cantora que quebrou todos os esteriótipo do comportamento das adolescentes da época, despertando a rebeldia nas fãs, foi Avril Lavigne.
Estourou com o single Complicated, do álbum Let Go, que foi um sucesso,  assim como seu sucessor Under My Skin. A cantora chamou atenção na época pelo seu estilo, não existia uma garota que usasse calças largas, regata preta, boné e tinha atitude de sobra, com essa novidade, todos queria ter tanta atitude quanto a Avril.
Sua mudança aconteceu no terceiro álbum, Best Dawn Thing. A música havia mudado, não existia mais a pegada rebelde, só canções alegres, agitadas e clipe com coreografia. Seu estilo? O preto deu lugar a composição Preto com Rosa, os looks eram mais femininos, as saias tinham cada vez mais tule e a atitude era totalmente pré-adolescente para o seu público que já havia crescido. A maioria dos fãs acabaram deixando de seguir a cantora pela drástica mudança e a venda de seus discos decaiu extremamente, depois de Best Dawn Thing, foram lançados mais 2 álbuns, mas nenhum single fez mais tanto sucesso como as musicas do começo de sua carreira.

Avril Lavigne_com logo

E por fim, Demi Lovato começou cedo na TV, a cantora fazia parte da série Barney e seus Amigos, e desde então fez pequenas participações em várias séries, até chegar na criadora de moças perfeitas Disney. Demi ficou conhecia pelo seu papel em Camp Rock, tanto que após o lançamento, ganhou sua própria série no canal. Em paralelo, lançou um álbum Don’t Forget e saiu pelas Américas fazendo shows, o álbum retratava as fases de começo e término de relações, mudar o mundo e amizades. Seu estilo era copiado por inúmeras adolescentes que começaram a postar loucamente frases das musicas da cantora no Facebook, copiar as roupas, cabelo e ir a todos os show que ela fez aqui no Brasil (que não foram poucos). Só que ninguém sabia que por trás daquela garota perfeita, existiam inúmeros transtornos alimentares e psicológicos, que levaram a cantora a se internar voluntariamente. Foi um choque para todos os fãs saber que Demi Lovato não era tão perfeita, muitos boatos começaram a surgir sobre os motivos da internação, as fãs ameaçavam Joe Jonas, seu ex-namorado, pois a mídia lançou que ele teria a traído e terminado com ela por um SMS. Mas fofocas a parte, quando Demi saiu da reabilitação, explicou a todos os motivos pelo qual passou um tempo na Rehab no documentário produzido pela MTV chamado Stay Strong e e lançou o álbum Unbroken que trouxe uma Demi meio madura, pois metade do álbum eram canções sobre sua crise (muito bem compostas por sinal), e a outra metade totalmente produzidas para balada.
Como nenhum artista pretende ficar para sempre com imagem de afetado, semanas atrás a cantora lançou o primeiro single que leva o do novo álbum, Heart Attack. A música por si só já trás uma pegada diferente, e o clipe mais ainda, a Demi está tomando uma postura mais sensual e madura, a pesar de algumas bizarrices que o clipe possui. Ainda não é certa sua mudança, mas que ela está tomando o caminho “sensual seduction” isso já é possível notar.

Demi Lovato_com logo

Cresceram ou piraram? Não dá para saber ao certo, pessoas mudam independente do estilo que precisam ou devem manter. Mas que a verdade seja dita, elas continuam sob os holofotes, lançando novas tendências e muito melhores do que no início não é mesmo? Lembram de mais algum artista que mudou muito? Conta pra gente nos comentário.

Britney aprova esse post!

Com o mesmo estilo (ainda!),
Barbarella 🙂

 

Comentários