Estava eu aqui empolgadíssimo que em algumas horas finalmente vou masturbar meus olhos assistindo Vingadores quando eu leio que um dos meus roteiristas preferidos, Grant Morrison, andou falando algumas coisas peculiares. Pior… eu tive que saber através da Veja, que seria o equivalente de descobrir que sua esposa está te traindo através da Luciana Gimenez.

Aparentemente, na última edição da Playboy americana, Grant Morrison declarou que Batman é gay.

“Obviamente, como personagem fictício Batman está destinado a ser heterossexual, mas a base de seu conceito é totalmente gay. E acho que é por isso que as pessoas gostam dele. Muitas mulheres avançam sobre Batman, pulando telhados com roupas fetichistas atrás dele. Mas ele nem liga – está mais interessado em sair com seu parceiro.”

Ainda de acordo com Morrison, não foi somente a “sexualidade desviante”, como ele mesmo definiu, do personagem que o interessou,

“Eu me interessei pela questão de classe do herói: ele é um homem rico que luta pelos pobres. É uma missão muito bizarra a de sair à noite vestido de morcego, mandar os junkies para o inferno e depois voltar para a sua mansão.”

Fonte: “Revista” Veja

Só eu achei que para o Grant Morrison, o Batman é uma mistura de Bruno Chateaubriand e Thor Batista? Bom, eu pessoalmente até acharia interessante ver o Batman se declarar homossexual, mas ainda acho que é mais uma das viagens bizarras do Sr. Morrison, afinal, sabemos que depois de Os Invísiveis, ele ficou meio “fora dos eixos”.

Grant “Meus Dentes Falam Comigo Enquanto eu Durmo” Morrison

E lembrem-se, independente da opção sexual do nosso herói favorito, o que importa são as fantásticas histórias que nos encantaram ao longo dos anos. E agora, para confundir todo mundo…

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=76oUVubhpjo]

E por hoje é só pessoal, aguardem pois em breve, a crítica completa dos Vingadores!

Comentários